in ,

Editora quer relançar livro criticado por Bolsonaro e apelidado de “kit gay”

O livro “Aparelho Sexual e Cia.”, que causou polêmica no Brasil ao ser apelidado de “kit gay” pela extrema direita brasileira, principalmente Jair Bolsonaro, pode ganhar uma reedição em solo canarinho. Publicado pela Companhia das Letras, a editora se manifestou dizendo que a obra está esgotada e com contrato expirado, mas ressaltou que já entrou em contato com os responsáveis pelo livro, a fim de, quiçá, publicá-lo novamente. A editora pontuou ainda que, diferente do propagado por Jair Bolsonaro, o livro não é destinado para crianças, tampouco é um kit gay. Pelo contrário, a obra tem como público adolescentes entre 11 e 15 anos, e “enfoca todos os aspectos da sexualidade, com sólida base pedagógica e rigor científico”. No Brasil, a publicação foi destinada a escolas por determinação do governo, na gestão Dilma Rousseff, sendo que apenas 28 exemplares foram enviando para algumas bibliotecas públicas.

VEJA MAIS:



4 Comments

Leave a Reply
  1. Temo uma nova “era das trevas” no Brasil,caso esse deputado seja eleito presidente.Ainda têm pessoas que o defende.

  2. kuandu for riiditaduh vamus mandah u primeiru ixemplar pru seo Bolsonaro hihihihihihihi prus netinhus deli hihihihihihihi

  3. Cláudio: concordo com você! Esse livro poderia ter passado despercebido, ter sido um fracasso de vendas e nunca mais ser reeditado. Mas fizeram tanto alarde por causa desse livro, verdadeira “tempestade em copo d’água, que ele acabou ganhando notoriedade… e consequentemente, interesse! Para quem objetivava banir esse livro, o tiro está saindo pela culatra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Pabllo Vittar chora ao relembrar bullying na escola: “Foi muito difícil”

Homem hétero processa ex-patrão após ser chamado de “gay” e alega paralisia facial