in ,

Em biografia, Padre Fábio de Melo revela que foi perseguido por um apresentador gay

Considerado um padre pop, que foge à rigidez habitual do catolicismo, Fábio de Melo possui milhares de seguidores nas redes sociais. Paralelo ao sacerdócio, ele mantém uma jornada dupla como cantor, fato que o alçou ao posto de celebridade.

Em sua biografia, "Humano Demais", lançada esta semana em São Paulo, Fábio de Melo detalha as dificuldades em ser famoso e da perda da privacidade. Chama a atenção ainda um trecho em que o arauto do evangelho revela ter sido perseguido por um apresentador de TV assumidamente homossexual. A identidade do apresentador não foi revelada.

"(…) A pior de todas as invasões veio de uma personalidade brasileira, um apresentador de televisão assumidamente homossexual, que viajou algumas vezes a Taubaté na expectativa de encontra-lo", relatou o jornalista Rodrigo Alvarez, autor da biografia. O escritor continua dizendo que o apresentador ia até a casa do padre, mas tinha a entrada negada pelo porteiro, que tinha ordens expressas de falar que Melo não estava em casa.

"Um dia, resolveu a ir um show do padre, usou suas credenciais de pessoa famosa para entrar no camarim e fez a reclamação: 'O porteiro do seu prédio é grosso demais!'. Entregou-lhe um presente e como jamais seria correspondido em suas expectativas, resolveu desistir", finaliza.

10 Comments

Leave a Reply
  1. Odeio biografias autorizadas ou escritas pelos próprios biografados. Colocam o que querem e como querem mas nunca colocam a verdade. Gosto de ler aquelas biografias não autorizadas feitas por terceiros e que o biografado faz de tudo para impedir sua publicaçao. Somente nessas é que alguma herdadeverdade porque nas outras existe apenas muito merchant.

  2. A Igreja Católica é tão conservadora… Quando convém! Este “padre” tem que se limitar a exercer o sacerdócio, apenas!

  3. Claro! Pra quem na época vivia em um relacionamento sério com o Chalita, obviamente com certeza teria motivos o suficiente para recusar o “assédio” desse tal apresentador gay. Assédio esse, que eu duvido muito que realmente possa ter acontecido.

  4. Um apresentador de TV assumidamente gay? kkkkk quem é? Em que país esta esse apresentador? É aqui no Brasil? Pq simplesmente não há um apresentador ou ” ANCORA ” assumidamente gay no Brasil. Que conversa, história pra boi dormir. E tem mais, gay assumido jamais iria perder tempo com declarações de amor, pq um gay assumido geralmente é fervido, geralmente puxa machos com o rodo, gente bem resolvida não perde tempo com situações como essa; um gay bem resolvido tem a carne mansa, raramente se submete a esse tipo de situação vexatória. Se essa história é real, que dê nome ao boi. E pra piorar, pq não quis receber o pretendente em sua casa e ainda pondo o porteiro como exú sentinela? Como já sabia que o cara estava afim e o procurava para essa finalidade? LINDA EMANUÉLY – SEMPRE LINDA EMANUÉLY!

  5. Esse padre deve ter seus pecadozinhos,soube de fofocas que anos atrás em um show ele deu uns pega em uns pivetes aqui em Maceió.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Coordenador do programa Rio sem Homofobia é exonerado do cargo no dia do aniversário

Querido discreto, afeminados não são palhaços