in ,

Experimento social mostra reação das pessoas ao presenciarem ato de transfobia; Veja

O que você faria ao presenciar uma cena de transfobia? Para responder essa questão, a página Quebrando o Tabu resolveu fazer um experimento social pelas ruas de São Paulo com uma mulher transexual sendo vítima de preconceito por sua identidade de gênero. Publicado há 6 horas, o vídeo tem mais de 3,5 milhões de visualizações, quase 100 mil compartilhamentos, 88 mil reações e mais de 5 mil comentários. A maioria das pessoas que presenciaram o ato não esboçaram nenhum tipo de reação. Nas imagens é possível a reação da jovem Amanda Almeida que defender a transexual: “Mano, quase que eu bato nesse cara”, disse. “Que ódio eu fiquei esse dia!”, concluiu. “Nossa me emocionei,precisamos ser mais humanos e olhar todos com igualdade,me coloquei na pela da trans e ouvir tanta crueldade me deixou triste ! Deixo aqui meu apoio a todos que querem só serem felizes não importa a cor,sexo,idade,classe social…deixo meu apoio e meu coração com vcs!”,comentou uma internauta. “Parabéns ao experimento e às pessoas que mesmo sem conhecer a trans, não apenas não tiveram preconceito e respeito, mas apoiaram essa diferença. Que todos nós possamos nos conscientar e apoiar as tantas diferenças. Desejo que a descontrução do preconceito continue e que num futuro todos tenham vergonha de atitudes racistas, homofóbicas, xenofobicas e outras tantas…”, comentou outra. Assista:

4 Comments

Leave a Reply
  1. Doentes são os que se incomodam, deveriam dar 5 horas de cú que passa as fobias gratuitas. LINDA EMANUÉLY – SEMPRE LINDA EMANUÉLY!

  2. Sou uma pessoa que gosta muito de curti a vida e os bons prazeres que elas nos traz aberto a novas experiências😈

  3. Preconceito é uma coisa horrível,mas poderiam pegar uma trans mais ajeitadinha. Essa pessoa parece trans em começo de transição,ou um crossdresser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments




Retrocesso: Donald Trump retira questões sobre população LGBT do censo nos EUA

George Michael é enterrado em Londres, três meses depois de sua morte