in

Homem que agrediu estudantes por homofobia no Rio é identificado

Jovens agredidos no Rio de Janeiro

A Polícia do Rio de Janeiro conseguiu identificar o homem que agrediu dois estudantes em um colégio no bairro do Méier no Rio de Janeiro. Ele feriu as vítimas com golpes na cabeça, socos e pontapés. Tudo isso foi motivado por homofobia, segundo uma das vítimas.

O agressor é um homem maior de idade e que ainda estuda no primeiro ano do ensino médio na escola. Ele ameaçou os jovens antes da agressão com um pedaço de pau e com discursos de homofobia.

“Quando a gente está subindo escada, essa pessoa está descendo escada, olhando com ódio para a nossa cara. Chegando na segunda parte da escada, esse menino chegou atrás da gente, tirando a camisa, falando que ele não era viado, falando que ele ia matar a gente o tempo todo. Falando: ‘Vou matar vocês, não sou viado, vou matar vocês’, com cara de ódio, querendo vir para cima de mim”, relatou uma das vítimas ao G1.

“O meu amigo caiu no chão e eu fiquei em estado de choque. Eu não sabia o que fazer. Logo após ele ter arriado o meu amigo, meu amigo caiu no chão e ele veio para cima de mim. Foi quando ele tentou acertar uma madeirada na minha cabeça também, mas eu desviei”, contou.

4 Comments

Leave a Reply
  1. Os LGBTs, cantores, artistas, etc., que votaram no Jair são cúmplices e co-autores desses crimes de ódio, pois eles votaram numa pessoa que falou a vida toda que é contra LGBTs. Cada um que votou no Jair tem a sua quota de responsabilidade por crimes de discriminação que surgirem daqui pra frente. Gente preconceituosa se sentirá confortável para discriminar, pois vão se espelhar em quem elegeram para o Planalto. Os bolsogays (eleitores gays do Jair) não vão nem sequer tentar falar com ele pra ver se consegue algum tipo de apoio contra a homofobia?. Esses bolsogays que votaram nele, deviam cobrar do Jair algum tipo de lei ou ajuda no combate ao crime de ódio contra LGBTs. Afinal de contas, os bolsogays não disseram durante a campanha que ele não é homofóbico, então vão lá agora falar sobre homofobia com ele.

    • Dentre outros fatores:
      – A demogogia da “segurança” pelo novo presidente.
      – O “combate” a corrupção, como se corrupção se LIMITASSE a roubalheira, há a PIOR, como violar a questão LAICA…
      – E PRINCIPALMENTE a ojeriza ao PT, chegando aos níveis astronômicos. Até muitos ateus (!) votaram no Bolonaro pois “o importante é nunca o PT, ‘CUSTE O QUE CUSTAR'”. Lamentável.
      Cabe salientar que uma boa parte dessa ojeria ao PT foi realimentada pelos próprios petistas fanáticos (os “PTcostais”), com essa insânia do Lula “inocente”(sic), ou seja, os luláticos (lunáticos fanáticos pelo Lula). Inclui de fora do PT.
      Outra boa parte de esquerdistas igualmente fanáticos, os esquerdopatas. Que adoram não só “TOMAR POSSE” de tudo que é causa, como QUEREM que LGBTIs, negros, mulheres, ateus, SL / CA… SEJAM de Esquerda. Daí muitos repudiando isso, em vez de combater, acabaram votando no Bolsonaro.
      Agora é exigir uma oposição responsável. O que o novo Presidente fizer de correto logicamente deve ser apoiado e o errado repudiado rigorosamente. União é fundamental para exigir que se cumpra o Juramento à Constituição! Inclusive dos Legisladores… E disso há a questão LAICA, lembrem-se.

  2. Gente, já que a lei do armamento será supostamente aprovada a partir de janeiro, nós beshas teremos o mesmo direito de possuir uma arma também dentro de casa. Logo se vê que se um homofóbico vim tentar nos atingir, a gente da mesma forma parte pra cima deles também. Temos todos que nos unir, e andar em bando pra por medo nesses dito cujo valentões. Se não conseguirem uma arma original, aprendam a fazer armas de fabricação caseira, ou então andam com pau, pedra, sprays de pimenta dentro da bolsa para se prevenir. Lembre-se que toda ação existe uma reação. O nosso foco aqui é sempre persistir, resistir e não desistir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Super drags Pabllo Vittar

Tema do desenho adulto “Super Drags” é cantado por Pabllo Vittar

Atentado gay em manaus

Bar gay em Manaus sofre atentado com fuzil