in

Jovem sofre ataque homofóbico e é agredido na pedra do Arpoador, Zona Sul do Rio

O jovem Jonatas Luiz Machado, de 29 anos, contou para o G1 que foi ameaçado e agredido por seis homens, após um ato homofóbico na pedra do Arpoador, Zona Sul do Rio de Janeiro.

VEJA MAIS:



De acordo com o rapaz, um dos agressores mandou ele tocar em sua parte íntima. “Pediu pra mim tocá-lo eu disse que não, tava de boa, aí o outro que tava acompanhado disse que eu ia tocar sim. Mas ele falou com muita ira e nisso que eu percebi eu fui virar. Eu fui querer sair daquela situação, só que na hora que eu fui virar os outros dois já estavam atrás de mim me cercando. Aí foi onde eu não consegui sair daquela situação”, contou Jonatas.

Jonatas teve seu nariz e um dente quebrado, e ficou cheio de hematomas pelo corpo.  “O cara que me deu o mata-leão ele tava me apertando com muita força teve um momento que eu não tava conseguindo mais tirar o braço dele. Eu pensei comigo, vou ter que fingir de morto. Foi quando fingi de morto que um dos dois que não me agrediu falou para o amigo dele para parar que ele já tá morto”, lembrou a vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Jovem é agredido por guarda municipal em frente a boate LGBT em Londrina

Marcello Novaes é flagrado na praia e mala impressiona os mais assanhados