in

Marco Feliciano fala sobre criminalização da LGBTfobia, “Não se pode criminalizar a opinião”

O portal UOL pediu a opinião do pastor Marco Feliciano sobre a criminalização da LGBTfobia que está em debate no STF.

VEJA MAIS:



Feliciano afirmou que é a favor da criminalização e que tem tido conversas produtivas com o representante da comunidade no senado. “Tem de ser criada a lei, sim. Só defendemos que ela não seja tão abrangente”, declara o pastor. “Estamos apostando no meio-termo. Para nós, o que não se pode é criminalizar a opinião”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Cardeal próximo ao Papa Francisco declara que ser gay não é pecado

Lily Allen critica bolsonaro

Lily Allen critica Bolsonaro durante show no Brasil, “Espero não ser presa”