in ,

Multidão participa da 23ª Parada do Orgulho LGBTI em Copacabana

Foto em destaque: Nanda Costa e Lan Lanh se beijam em trio durante Parada Gay no Rio – Daniel Pinheiro-30.set.2018/AgNews

VEJA MAIS:



No último domingo (30), a 23ª Parada do Orgulho LGBTI do Rio de Janeiro reuniu uma multidão com muita animação, cor e protestos contra as eleições.

Com o tema “Vote em ideias, não em pessoas. Vote em quem tem compromisso com as causas LGBTI””, centenas de pessoas foram às ruas de Copacabana protestar contra alguns candidatos e lutar em prol da diversidade e do respeito.

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por André Helal (@helalandre) em

A festa foi comandada por Suzy Brasil, e contou com diversos artistas como Luisa Sonza, Lexa, Lorena Simpson, MC Pocahontas, Funtastic, Gabily, Clau, Ananda, Donas, Lary, MC Nem, As Baphônicas e Armário de Saia, que se apresentaram e fizeram seus show e apresentações.

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Fabio Gradel (@fgradel) em

3 Comments

Leave a Reply
  1. É isso aí galera,votem nos candidatos que têm compromissos com a comunidade LGBTI+,pois não podemos deixar que aqueles que são contra nós continuem a nos negar direitos que,como também cidadãos brasileiros,também temos direitos.Votem em quem são a favor de nós e que nos faça sentirmos cidadãos brasileiros que também somos,já que nosso voto também é importante(antes de votar,pesquisem o quê dizem os candidatos sobre nós,da comunidade LGBTI+,pois muitos querem nossos votos,mas são contra nós).

  2. Concordo com o Iran, mas infelizmente e, pelo menos pra mim, revoltantemente gays são capazes de virem a público declarar q vão votar em um homem homofobico e extremamente fascista, mas são incapazes de votarem em quem poderia defender os interesses de nós LGBT.Agora entendo pq nunca saímos da merda!

  3. Realmente,Max,é por causa de uma certa desunião na comunidade LGBTI,tanto praticada por nós mesmos quanto por outras pessoas que se aproveitam e promovem essa desunião,nós quase não obtemos vitórias significativas.
    A união de toda comunidade LGBTI,nos tornariam fortes e conseguiríamos mais vitórias do que as que já obtemos.
    Diz um dito antigo:”a união faz a força.”
    Abraços,para você,Max!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Primeiro casamento gay da família real

O primeiro casamento gay na família real inglesa é realizado!

Agustin Fernandez faz vídeo apoiando o candidato Bolsonaro