in

Policias cariocas recebem treinamento para lidar melhor com público LGBTQ+

Carca de 12 policiais da Decradi, começaram a aprender como tratar e entender melhor o universo LGBTQ+. As aulas são ministradas pela equipe do programa estadual Amizade Rio LGBT, que veio para substituir o Rio Sem Homofobia. As informações são do G1.

VEJA MAIS:



No primeiro dia os policiais tiveram aula com foco no aprimoramento do trato com o público e aprenderam que não se usa mais a expressão “opção sexual”, que agora é “orientação sexual”. Eles também aprenderam que ao lidar com o público trans, não se deve usar “o travesti” e sim “a travesti”.

— Quando se trata de sexualidade e gênero, há 72 nomenclaturas diferentes. É necessário lapidar isso para melhor compreender a realidade de cada grupo — declarou o delegado Stivanello, acrescentando que a unidade já atendeu a dez casos de homofobia.

— Queremos que os inspetores se sintam seguros ao atender essa população — explicou Ernane Alexandre, superintendente estadual de Políticas Públicas LGBT.

Apenas em 2018, o Rio Sem homofobia recebeu 231 casos de violência contra LGBTs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Pabllo Vittar cantando liberdade

Pabllo Vittar alerta comunidade LGBTQ+: “Se liguem nesses artistas”

Hana do BBB19 revela ser bissexual e alfineta um dos brothers após sair do programa