in

URGENTE: STF pode decidir quarta-feira criminalização da homofobia

Na próxima quarta-feira (14) o Superior Tribunal Federal (STF) vai decidir se o Congresso deve ou não criminalizar os casos de homofobia no Brasil, se igualando com o que já acontece em casos de racismo e intolerância religiosa.

Uma petição online foi criada para mostrar ao STF os problemas que a comunidade LGBTQ+ sofre no Brasil e que devemos ser vistos como as outras minorias. Caso você queira ajudar na petição, clique aqui

2 Comments

Leave a Reply
  1. O maior cinismo é colocar “intolerância religiosa” no mesmo nível de racismo.
    Questões LGBTIs, gênero, mulheres, negros… são não só natos da pessoa como apenas diferenças normais, nada em “contradições” ou gerar conflitos. Se defende até essas as características.
    Agora religião, e questões políticas que não é explicitado, são INTRINSECAMENTE GFERADORAS de conflitos, além de serem SEMPRE opcionais. Se defende APENAS A PESSOA e nunca essas opções, pois idéias não tem direitos. Apesa de haver preconceitos no meio nunca podem estar no mesmo nível do que é nato da pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Jornalista gay que defendeu Bolsonaro acredita que não existe homofobia

Groa da beijo gay em novela segundo sol

Novela da Globo “Segundo Sol” termina com beijão gay