in

Hitler tinha “tendências homossexuais” e morou em pensão gay

Um relatório produzido na época da Segunda Guerra Mundial pelos serviços de inteligência dos EUA, vasculhou a vida íntima do ditador alemão Adolf Hitler.

O ditador Adolf Hitler já teve a sua sexualidade discutida entre diversos historiadores e acadêmicos durante anos. Mas agora, documentos produzidos pela Agência de Inteligência dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, revelam que Hitler tinha tendências homossexuais e que morou em uma pensão gay na Áustria.

Segundo o relatório produzido em 1943 e que foi enviado para o então presidente Franklin D. Roosevelt, Hitler tinha tendências homossexuais e inclusive teve uma atração pelo seu vice Rudolf Hess, testemunhado como sendo gay e com tendências travestis. No relatório também foi relatado que Hitler morou em uma pensão na Áustria, onde homens mais velhos iam em buscas de jovens para prazeres homossexuais. O capítulo que fala sobre a sexualidade de Hitler, termina com a seguinte constatação: “A vida sexual de Hitler era dupla, tal como a sua perspetiva política. Ele era tanto homossexual, como heterossexual, também era tanto socialista, como nacionalista. E no final ele diz, tanto era homem, como mulher”.

Essas informações foram cedidas por Ernst Sedgwick Hanfstaengl, que foi um grande amigo e confidente do ditador durante anos e antes do conflito mundial eclodir. Após Hitler conseguir o poder, Ernst fugiu para os EUA e começou a colaborar com o governo, dando informações sobre os altos escalões do regime alemão.

Caso você tenha curiosidade e queira saber mais sobre esse relatório, acesse: https://archive.org/stream/Hitler-OSS-CIA/OSS%20Biographical%20Sketch_djvu.txt

PUBLICIDADE

Como seria o homem perfeito para você?

Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

Comments

Leave a Reply
  1. História esquisita,pois que eu saiba,milhares de homossexuais foram presos e mortos em campos de concentração,tanto na Alemanha nazista quanto nos territórios europeus ocupados,assim como,milhares de socialistas e comunistas da época.Então,por que Hitler mandaria matar e/ou prender homossexuais,socialistas e comunistas se o ditador era um deles?
    Viver em uma pensão onde exista homossexuais,não faz da pessoa homossexual,assim como,um homossexual morar em uma pensão onde vivam heterossexuais,não faz dele heterossexual.
    Se Hitler era,como disse o foragido alemão,para as autoridades norte-americanas,tanto homem quanto mulher,então,ele era bissexual,ora pois.

    • Não é esquisito, se até hoje existem homens que sentem tesão em homem e mulher mas por pressão da sociedade se casam com mulheres e fazem piadinhas com gays assumidos, imagine naquela época? Hitler tinha tesão por dois mas sua ideia de raça superiora e sociedade superiora NÃO incluía os homossexuais (apesar de suas próprias tendências que ele podia esconder como muitos fazem até hoje!)

  2. “Nick”,ninguém,hoje em dia,pode dizer que Hitler tinha “tendências homossexuais”,pois o mesmo cometeu o suicídio e o que temos é um relato de homem,em 1943,que fugiu da Alemanha nazista,para o serviço secreto norte-americano.Então,o quê está escrito deixa muita dúvidas de sua veracidade(ainda mais em uma época em que a homossexualidade não era bem vista por todos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Amigo de Caio Castro posta foto de sukine e impressiona. Que bum…!!!

Bolsonaro diz que prefere um filho morto do que gay