in

Mulher com câncer é confundida com homossexual e acaba agredida

Mulher é confundida com homossexual e acaba agredida

Uma jovem de 31 anos que mora no Rio de Janeiro, estava passeando com a sua mãe quando foi confundida com um homem gay e acabou sendo agredida por um desconhecido no último sábado. Um outro homem que estava passando na hora, defendeu a jovem e afastou o agressor, impedindo que a violência continuasse.

“Ele me empurrou e ficou me ofendendo”, relatou a jovem ao site Universa da UOL.

Débora Lourenço é professora e perdeu o cabelo durante um tratamento contra o câncer de mama e acredita que o motivo de estar careca, foi o que tenha com que o homem a confundisse com um homossexual

One Comment

Leave a Reply
  1. Com certeza o agressor é uma pessoa preconceituosa e intolerante,pois,mesmo que a vítima fosse um LGBTI, a vítima não deveria ser agredida de modo algum,nem pelo motivo de sua orientação sexual e/ou identidade de gênero e nem por nenhum outro motivo.
    Gente,os seres humanos estão a perder o bom senso das coisas a cada dia que passa e estão a agredir seus semelhantes por preconceitos e intolerâncias que,na verdade,só levam à morte e ao ódio entre as pessoas.Invés dos seres humanos evoluírem,estão a regredir à barbárie,principalmente no nosso país.
    Já tenho mais de cinquenta anos,já vi muitas coisas neste país(e em outros lugares também),mas,hoje em dia,está demais da conta,pois está muito difícil de se viver no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Um menino foi rejeitado por três famílias, até que um casal gay resolveu adotá-lo

Homens inseguros com “masculinidade frágil” são mais propensos a apoiar Trump, diz estudo