in

Um pai forçou filho de 11 anos a ter relação com sua madrasta para torná-lo “correto”

Um pai foi condenado a cinco anos de prisão por forçar seu filho a ter relações sexuais com a esposa, a fim de tornar o filho correto.

Richard Dowling, agora com 62 anos, admitiu no Reading Crown Court que ele participou do abuso sexual de seu filho por anos “para tentar guiá-lo na direção certa e não ir para o caminho de ser gay, porque houve, mais ou menos, tendências para ele ser gay.

Daniel Dowling, agora com 36 anos, está contando sua história publicamente, que começou aos 11 anos. Ele estava jogando um jogo de tabuleiro com seu pai e sua madrasta, Annette Breakspear, e o pai sugeriu que o perdedor do jogo tirasse suas roupas. .

Quando Breakspear estava nua, Richard disse ao filho para tocar seu corpo.

“Acho que a noite foi um teste de como eu reagiria porque a relação sexual começou depois disso”, disse Daniel.

Mais tarde, Richard disse a Daniel para dar a sua madrasta um “beijo de boa noite”. Ele a encontrou em seu quarto nua e algemada à cama.

“Eu dei a ela um beijo e fui embora, mas ela me pediu para tocá-la e desamarrar uma de suas mãos”, disse Daniel. “Tivemos relações sexuais e papai veio e se juntou a eles.”

Mais tarde, Daniel foi obrigado a assistir pornografia com eles e depois transar com a Breakspear.

“Nós assistíamos pornô na cama juntos e depois tivemos relação. Ela me instruiria sobre o que fazer. Às vezes, quando papai não estava lá, ela me chamava para o quarto dela para me acariciar.

Richard Dowling e Breakspear acabaram se separando e o pai e o filho se mudaram para uma cidade diferente. Daniel, que tinha 16 anos, foi alvo de um molestador de crianças.

Quando o molestador de crianças foi preso, a polícia procurou em sua casa e encontrou fotos nuas de Daniel. Conversaram com Daniel e ele contou sobre o abuso que sofreu de seu pai e de Breakspear.

Eles também conversaram com Richard, que disse que Daniel era um mentiroso “em busca de atenção”. Nenhuma acusação foi arquivada.

Mas em 2015, Daniel gravou uma conversa telefônica com o pai, onde ele admitiu o abuso. A polícia então reabriu a investigação.

“Eu não sei se o treinamento melhorou ou se eu fui apenas infeliz pela primeira vez, mas eu definitivamente encorajaria outras vítimas de abuso histórico a se apresentarem e reportarem agora” , disse ele ao Mirror .

Richard confessou o abuso, dizendo ao tribunal que ele queria “protegê-lo de pedófilos para que ele soubesse o que era certo e errado”.

Daniel, que tentou se matar nos anos seguintes ao abuso, disse que ainda está traumatizado.

“Quando eu cheiro alguém usando seu perfume, ou vejo aquele jogo de tabuleiro em uma loja ou na TV, isso traz as lembranças de volta”, disse ele.

Breakspear foi condenada a oito anos de prisão por seu papel no abuso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Homens bonitos tomando café

Veja 20 homens bonitos tomando café e que vão inspirá-lo a sair da cama

Papa Francisco diz que homossexualdade está na moda

Papa Francisco: “Parece que a homossexualidade está na moda”